terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Cientista vê limite em linguagem animal

esse cientista é Marc Hauser, Professor de Psicologia em Havard.


http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u373738.shtml

Pena, queria ver um papagaio simbólico.

Um comentário:

m. m. g. disse...

Esses dias li no site da BBC uma matéria em que cientistas diziam que, antes de eu morrer, robôs já vão ter inteligência artificial idêntica à inteligência humana, inclusive emocional. Lá no fundo do meu coração, eu prefiro acreditar que é só um caso de dedicação, "os cientistas" investem mais nesses robôs do que em tentar realmente desvendar as sutilezas e diferenças de funcionamento das linguagens não-humanas. Para isso possivelmente precisariam quebrar muitos paradigmas da ciência, usar métodos outros e a galera não está preparada pra isso. Ou, doce ilusão minha. Hehe. Abraço, bródi.
=)